layout serviços layout serviços – Mafalda Forjó

layout serviços

Os nossos serviços

A empresa disponibiliza, com recursos e materiais adequados e através de recursos humanos qualificados, os seguintes serviços de Higiene e Segurança Alimentar:

  • AUDITORIAS

  • CONSULTORIA

  • FORMAÇÃO

  • ANÁLISES LABORATORIAIS

Auditoria

As auditorias permitem, através de uma avaliação e com experiência de técnicos qualificados, detectar problemas reais que, por serem quotidianos, podem passar despercebidos. As auditorias representam uma entrada de informação e uma visão distinta da realizada pela empresa, sendo que as auditorias ao sistema HACCP, são efectuadas sem pré-aviso. 

 

  • Auditorias de Diagnóstico
  • Auditorias de Implementação do Sistema HACCP
  • Auditorias de Acompanhamento do Sistema HACCP
  • Auditorias a fornecedores
  • Auditorias de verificação do Sistema HACCP
  • Acompanhamento de verificação higio-sanitária para controlo de rotina nos clientes

Consultoria

Implementação dos Pré-Requisitos do Sistema HACCP – de forma a cumprir o Regulamento (CE) nº 852/2004 de 29 Abril 2004, relativo à higiene dos géneros alimentícios, de aplicação obrigatória desde 1 de Janeiro de 2006.
Implementação de Sistemas de Segurança Alimentar com enfoque nos  princípios do HACCP 

PRINCÍPIO 1 – Efectuar uma análise de perigos. Identificar e listar os perigos em cada etapa do processo produtivo e especificar medidas preventivas para o seu controlo

PRINCÍPIO 2 – Identificar os pontos críticos de controlo (PCC) no processo para controlar os perigos identificados

PRINCÍPIO 3 – Estabelecer limites críticos que devem ser respeitados para garantir que cada PCC está sob controlo

PRINCÍPIO 4 – Estabelecer um sistema de vigilância (sistema de monitorização) do controlo dos PCC por meio de observações e testes periódicos programados

PRINCÍPIO 5 – Estabelecer as acções correctivas a serem tomadas quando o sistema indicar que um PCC está fora de controlo

PRINCÍPIO 6 – Organizar a documentação respeitante a todos os procedimentos e registos referentes a estes princípios e sua aplicação

PRINCÍPIO 7 – Estabelecer os procedimentos de verificação que incluam ensaios complementares apropriados e procedimentos, que, em conjunto, com uma revisão do plano HACCP confirmem que o sistema está a funcionar

Licenciamentos

  • Licenciamento Zero
  • Licenciamento Comercial
  • Licenciamento Industrial
  • Nº Controlo Veterinário

A instalação, alteração e exploração de estabelecimentos industriais estão sujeitas a licenciamento industrial

Com a publicação do  Decreto-Lei n.º 169/2012, de 1 de Agosto, ficou aprovado o Sistema de Indústria Responsável (SIR), que constitui o novo regime de exercício de actividade industrial. Este diploma define o procedimento de licenciamento industrial para cada um dos 3 Tipos de estabelecimentos industriais para a obtenção da respectiva Licença Industrial.

Apesar dos processos de licenciamento estarem bastante simplificados, têm, no entanto, de ser legalizados nas respectivas entidades oficiais

Tratamos do licenciamento da sua empresa nas entidades oficiais.

Rotulagem de Géneros Alimentícios 

A empresa disponibiliza aos seus clientes um novo serviço de Consultoria em rotulagem alimentar, de forma a garantir a conformidade com o Regulamento (UE) n.º 1169/2011 de 25 de Outubro 2011, do Parlamento Europeu, em que foram adoptadas as regras de rotulagem visando dar mais informação sobre a composição, qualidade, quantidade, validade ou outras características de um produto alimentar.

Assegurar que os géneros alimentícios estão corretamente rotulados, de acordo com as leis europeias pode ser um desafio.

Este serviço inclui:

  • Desenvolvimento e adequação de rótulos de alimentos à legislação em vigor
  • Redação e tradução de rótulos nas diversas línguas (inglês, francês, italiano, espanhol, etc.)
  • Identificação dos produtos considerados alérgicos nos vários produtos fabricados pelas empresas
  • Cálculo dos vários nutrientes (lípidos, hidratos de carbono, proteína, etc.) que fazem parte das declarações nutricionais
  • Elaboração de fichas de produto com inclusão dos produtos considerados alérgicos e declaração nutricional

Formação

A formação profissional é uma ferramenta necessária pois contribui directamente para o crescimento do trabalhador e da empresa. Paralelamente as empresas têm que assegurar 35 horas de formação anual ao seus trabalhadores (artigo 131º do Código de Trabalho, Lei 7/2009 de 12 Fevereiro 2009).

  • Formação no local de trabalho/ “In Job” 

A Formação “In Job” é a metodologia mais eficaz. Os participantes têm oportunidade de aplicar os conceitos e os procedimentos, no próprio local de trabalho. Todo o conteúdo programático é desenhado de acordo com as reais necessidades e exigências.)

  • Formação à medida (de acordo com a disponibilidade do cliente)

As empresas são obrigadas a ajudar no desenvolvimento de novas competências dos seus colaboradores, de modo a cumprir a legislação em vigor e a responder aos novos desafios impostos.

Assim, de acordo com o Anexo II, cap. IV, Regulamento (CE) nº 852/2004 de 29 de Abril 2004 , “Os operadores das empresas do sector alimentar devem assegurar que: o pessoal que manuseia os alimentos seja supervisionado e disponha, em matéria de higiene dos géneros alimentícios, de instrução e/ou formação adequadas para o desempenho das sua funções.”

Análises laboratoriais

 A aplicação de processos baseados na metodologia HACCP, pressupõe a execução de análises utilizando os critérios microbiológicos conforme referido no Regulamento (CE) nº 2073/2005 de 15 de Novembro 2005 e suas alterações.

Todas as análises são realizadas em laboratório acreditado.

  • Kit´s de avaliação rápida tais como zaragatoas ou placas de contacto (manipuladores, superfícies e equipamentos);
  • Análises microbiológicas e químicas a alimentos e águas
  • Análises nutricionais a alimentos
  • Estudos de tempo de validade dos diversos produtos

Porquê segurança alimentar?

porque os consumidores estão cada vez mais sensibilizados para os benefícios de uma alimentação saudável e informados das consequências das falhas que na qualidade , higiene e segurança alimentar.

maca

Alguns dos nossos clientes

cafe oasis
califa
centro social
ceuta
cha conventual 1
chu chu
goan
gostuzuras
gran cafe 1
maria papoila
mundimassas
o lacinho
o talho da avenida
paullus
pelicano
princesa
provador
rei do bucho
santa marta
santo antonio
senhor peixe
tirol de sintra
Untitled 4
Morada

Rua Manuel Agro Ferreira, nº48 – r/c
2825 – 361 Costa da Caparica


mafalda.forjo@mafaldaforjo.pt
T. 962 377 206